domingo, 25 de novembro de 2012

PARTE 4: COLORAÇÃO / TINTURA PERMANENTE

Meus queridos leitores,

Hoje estamos comentando sobre as colorações permanentes (oxidação)

A coloração por oxidação ou coloração permanente é a sobreposição de duas cores, a cor do cabelo (natural ou artificial) que será a base a ser colorida, mais os pigmentos trazidos pela tinta (GOMES, 1999). Neste tipo de coloração o tempo de pausa é fundamental, o tempo de oxidação é entre 30 a 50 minutos.

Substancias intermediarias funcionam como corantes apenas depois de oxidadas (H2O2), ligando-se aos acopladores e formando a cor desejada. O processo ocorre no interior da fibra capilar sob condições especificas, agindo em pH alcalino (8 a 10) - amônia (abre a cutícula facilitando a absorção dos corantes e do peróxido de hidrogênio). 

Os corantes percursores são a anilina, proporcionam a abertura demasiada das cutículas, auxiliando a absorção dos corantes pelo córtex, diminuindo a maciez, brilho e aumento do esforço capilar.

Duram até 25 lavagens
Mais agressivos aos cabelos devido ao pH em que ocorrem o processo porém duram mais
Podem clarear ou escurecer os cabelos até 4 tons
Colorem cabelos grisalhos

Beijus da química


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

PARTE 3: TINTURA COLORAÇÃO SEMI-PERMANENTE

Caros leitores,

Segue o novo post com a descrição de alguns materiais encontrados falando sobre a coloração semi-permanente.


Os corantes utilizados são moléculas de dimensões reduzidas, com boa afinidade com a fibra capilar. Estas moléculas penetram até a periferia do córtex e são eliminados gradativamente, pela lavagem (GOMES, 1999) 

Porém para (PINHEIRO, 2008) são utilizadas moléculas de tamanho intermediário  com pequeno numero de moléculas com tamanho suficientemente pequeno para penetrar no cabelo, embora ainda sejam grandes para serem utilizadas como tintura.
Neste sistema eles usam dois corantes. um com peso molecular relativamente baixo e outro significativamente maior. Não sendo simples coincidência  evitando que na primeira lavagem com shampoo ou fricção seja removido completamente, portanto com estes dois tamanhos, podemos observar que iram sair gradativamente com cinco ou seis lavagens, notando-se a aparência dos cinzas e ausência do brilho. Por este motivo são chamados de semi-permanentes.
Proporcionam a abertura das cutículas   necessária para otimizar a absorção dos corantes no córtex, como consequência temos a diminuição da maciez, brilho, aumento do esforço para pentear, nada desejáveis em um cabelo saudável.
Podem ser utilizadas entre colorações permanentes, colorindo tom sobre tom e colorir mechas descoloridas. Duração da coloração em média de 12 a 15 lavagens e são menos agressivas ao fio e o couro cabeludo, reduzindo as reações alérgicas a coloração.
Beijus da química

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

PARTE 2: TINTURA / COLORAÇÃO TEMPORÁRIAS

Prezados leitores,

Conforme havia comentado, esta serie esta dividida em pequenas doses explicando um pouco sobre coloração /  tintura.

As colorações sintéticas podem ser classificadas em: temporárias, semi-permanentes ou ainda a permanente oxidativa).



Coloração sintética temporária: são corantes que apresentem moléculas grandes em sua composição, demasiadamente grandes que não podem atravessar  a cutícula do cabelo sob condições normais. Geralmente aplicados por processo de deposição. Deixa-se a solução de corante secar sobre o cabelo e os corantes se deposição sobre a superfície da cutícula. (PINHEIRO, 2008).




Suas desvantagens são:
- os corantes são removidos com uso de shampoo 
- exposição a chuva pode colorir suas roupas devido a saída do corante.

Temos as colorações temporárias por produto ou a por rinsagem.

1. Por produto: moléculas demasiadamente grande fixando apenas na cutícula, colorindo apenas a superfície, saindo na primeira lavagem (gel, rímel, mouse, spray) (GOMES, 1999)

2. Rinsagem: ou seja, creme condicionador mais a molécula colorante, quando o cabelo esta poroso, este tipo de coloração pode fixar-se na cutícula e o córtex, são usadas para neutralizar reflexos indesejados, principalmente em processos de descoloração. (GOMES, 1999).

Espero que estejas gostando e caso queiram interagir, fiquem a vontade.

Beijus da química



quarta-feira, 21 de novembro de 2012

PARTE 1 - HISTÓRIA DA TINTURA, COLORAÇÃO

Queridos leitores,

Segue a primeira parte dos post referente a tintura e coloração. Hoje apresento a história encontrada e detalhada por alguns autores científicos no assunto.

Coloração de cabelos é uma transição antiga que era comum aos persas, hebreus, gregos e romanos. Os egípcios misturavam a planta Lawsonia inermis Linné (henna) com água quente e colocavam o material na cabeça para produzir a cor do cabelo laranja-avermelhado. (VITA, 2008)

Tinturas metálicas contendo acetato de chumbo, obtidos mergulhando pentes de chumbo em vinho azedo, eram usados por homens romanos para cobrir os cabelos cinzas. Mulheres romanas, tentavam clarear os cabelos aplicando lixivia (soda caustica) seguido de exposição ao sol. (GOMES, 1999)




Tinturas permanentes datam de 1883, quando Monnet patenteou um processo para coloração da pele usando p-fenilenediamina e peróxido de hidrogênio.

Segue ao lado um quadro de Monnet.













Tinturas semi-permanentes e temporárias não foram desenvolvidas até 1950, quando foram incorporadas na industria têxtil e na industria de cosméticos.

A técnica de descoloração dos cabelos com peroxido de hidrogênio foi demonstrada na Exposição de Paris, 1867, por Thillary e Hugo.

Espero que gostem.

Beijus da química.





terça-feira, 20 de novembro de 2012

INFORMAÇÃO: Importância da água, pH e características do corpo humano

Caros leitores,

Nem só de cabelo vive este blog. Informações gerais e importantes para nossa saúde também são divulgadas aqui para que todos tenham acesso e conhecimento.

Recebi de um amigo este vídeo que anexei abaixo do Dr. Lair Ribeiro falando da importância da água, influencias do pH em nosso organismo, malefícios dos refrigerantes e qualidade de nossas águas.

video


Esperam que gostem

Fica a dica,

Beijus da química


terça-feira, 6 de novembro de 2012

Novo Creme Corporal no mercado


Boa Noite Gente,

Hoje venho dar uma sugestão de um creme corporal sensacional que experimentei estes dias da empresa Marie Solti para presentear pessoas queridas e ainda pra quem gosta de brindes, eles estão presenteando as pessoas que comprarem com uma persex super linda que podemos escolher a opção vermelha, preta ou branca ;-)

Simplesmente o máximo e além de tudo não usam aquele produto (Butylphenyl methylpropional) que a uns meses atrás publiquei informando os malefícios para nossas saúdes usados por uma marca super famosa e conceituada no ramo de cremes corporais (Victoria Secrets). 



Preço: R$ 34,00



Hidrata e deixa um perfume suave e viciante no corpo inteiro. Amei, virei fã número 1. Não vivo sem!!! 








Fica a dica para presentes de Natal.

Beijus da química.